Edificação posted by

Leve-me para a Rocha

Leve-me para a Rocha

Desde os confins da terra eu clamo a ti, com o coração abatido; põe-me à salvo na rocha mais alta do que eu.” (Salmos 61:2)

A vida pode ser esmagadora. Esta não é uma nova revelação. Desde a queda do homem no jardim, geração após geração, temos experimentado a pressão e as dores da vida. Sejam as contas se acumulando, o casamento que está caindo aos pedaços, o trabalho que nunca fica mais fácil, as incertezas, a ansiedade ou apenas o estresse do cotidiano da vida – nós muitas vezes nos encontramos sobrecarregados.

David, que escreveu o versículo acima, sabia disso muito bem. Imagine passar de 10 a 15 anos de sua vida correndo de um rei que te odeia e que transformou a vontade de mata-lo em uma missão de vida. Você percebe como isso foi esmagador?

Podemos nos confortar, assim como fez Davi, em saber que Deus está sempre acessível a partir de qualquer local. Nós não servimos a um Deus deísta, que nos deixa à nossa própria sorte. Nós servimos a um Deus que nos ama e deseja um relacionamento íntimo conosco.

Em vez de tentar descobrir as coisas por conta própria, David clama a Deus e pede para ele fazer o que só ele pode fazer. Leve-me para um lugar de paz que eu nunca poderia alcançar, a não ser por sua bondosa e amorosa graça.

Para nós, esta Rocha é Jesus Cristo. Mesmo nas circunstâncias mais esmagadoras, sabemos que podemos clamar a Jesus, e ele não só vai ouvir o grito de seus filhos, mas responder com amor e graça.

Texto por: Drew Hensley (Livremente traduzido).

Kerwin Muriel

É formado em Direito pela Universidade de Cuiabá e pós-graduado em Gestão Pública do Poder Judiciário pela UNIFLU-RJ. Bacharelando em Teologia pela Escola Teológica Charles Spurgeon. Casado com Cleynise e pai da Nicolye.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookPinterestFlickr

Deixe uma resposta

Facebook Comments

comments powered by Disqus