Últimas

Edificação por Kerwin Muriel

O tempo e todas as coisas

Depois de um bom tempo parado creio ter chegado a hora de escrever novamente.

Salomão, em sua sabedoria, disse que há tempo para todas as coisas debaixo do céu (Eclesiastes 3). E eu tenho aprendido muito sobre isso nos últimos meses.

Eu havia entrado no tempo de permanecer calado (Eclesiastes 3:7).

Confesso: tive um bloqueio criativo. Não que para falar de Deus haja a necessidade de sermos criativos. Pelo contrário, quando Deus quer, ele faz até um jumento falar.

O problema é que em nossa jornada nesta terra, da qual somos apenas peregrinos e forasteiros, acabamos passando por situações inexplicáveis e problemas tão difíceis de enfrentar que, muitas vezes, é preciso parar e descansar. Jesus mesmo ofereceu um momento de descanso a seus discípulos (Marcos 6:30-32).

Deixe-me contar o que aconteceu. Minha esposa teve câncer de mama.

A notícia de que ela estava com essa doença devastadora e vil, cuja própria ciência dos homens chama de tumor maligno, nos abalou bastante. A gente nunca consegue entender o porque de coisas assim acontecerem. Mas é nesses momentos que reconhecemos o quanto somos frágeis e limitados. O quanto precisamos de ajuda.

Entramos, então, no tempo do choro (Eclesiastes 3:4). E choramos muito.

Mas nem tudo é tão ruim que não possa ficar pior, não é mesmo? Além do câncer, que nos atingiu no mundo físico, tivemos uma desestabilização espiritual que nos levou a experimentar coisas das quais muitos duvidam. Aliás, das quais eu mesmo duvidava. Tivemos então uma pequena amostra da grande guerra espiritual que é travada dia e noite em busca de nossas almas…  não é uma luta contra homens, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais (Efésios 6:12).

Nunca o recado que Pedro deixou em sua primeira carta nos fez tanto sentido: “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;” (1 Pedro 5:8).

Entramos então no tempo de guerra (Eclesiastes 3:8). Guerra espiritual. E lutamos muito.

Durante esse tempo aprendemos muitas coisas, dentre as quais: que quando nos sujeitamos a Deus e resistimos ao Diabo ele foge de nós (Tiago 4:7); que somos de Deus e já vencemos, porque maior é o que está em nós do que o que está no mundo (1 João 4:4); e que em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou (Romanos 8:37).

Outra coisa que aprendemos é o valor da igreja, do corpo de Cristo, e de como é importante estarmos conectados a esse corpo e o quanto é importante que esse corpo esteja unido. Pois quando um membro padece, todo o corpo sofre (1 Coríntios 12:26). Sofremos juntos, mas com a ajuda de muitos irmãos, e com suas orações e com a graça de Deus, estamos vencendo as batalhas, uma a uma.

Repousamos então no tempo de curar e edificar (Eclesiastes 3:3). Curar o corpo, edificar o espírito.

Eu e minha esposa sabemos que ainda estamos caminhando nesses tempos… tempo de choro, tempo de guerra, tempo de curar, tempo de edificar… Mas sabemos que Deus está sempre no controle, e que todos os seus atos são bons, santos, puros e retos eternamente. Esse é o nosso conforto, o nosso descanso.

As vezes as lágrimas ainda insistam em rolar, mas temos a certeza de que o tempo de choro vai passar e que a alegria virá pela manhã (Salmos 30:5).

Sei que ainda estamos em guerra espiritual, mas nunca estivemos tão armados e equipados como estamos agora. Revestidos com a armadura de Deus, cingidos com a verdade, vestidos com a justiça, calçados com o evangelho da paz, segurando o escudo da fé, com o capacete da salvação e munidos com a espada do Espírito, que é a palavra de Deus (Efésios 6:11-18). Estamos batalhando o bom combate, sempre guardando a fé.

Como eu disse no início: Há tempo para todas as coisas debaixo do céu. Isso nos revela duas grandes verdades divinas de extrema importância. A primeira, é que há um tempo. A Segunda, é que há também um turbilhão de coisas.

Assim, embora os tempos sejam difíceis, sabemos que Jesus Cristo é antes de todas essas coisas que acontecem com a gente, e que todas essas coisas só existem por causa dele e para nos conduzir a Ele (Colossenses 1:17). E mais, “sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito (Romanos 8:28)”.

Talvez não entendamos tudo isso agora. Talvez a gente morra sem entender. Mas uma coisa é certa: os planos de Deus são infinitamente maiores do que os nossos planos, e os pensamentos de Deus são absurdamente maiores do que os nossos pensamentos (Isaías 55:8).

E se você que está lendo isso agora estiver passando por tempos difíceis ou estiver provando toda sorte de coisas desagradáveis, lembre-se: os planos de Deus são melhores…

“Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais. Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei. E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração. (Jeremias 29:11-13)”.

Busque ao Senhor de todo coração, entregue suas dores e suas angústias a Ele, ore sem cessar, aprenda com Ele, alimente-se de sua palavra e certamente Ele te dará descanso (Mateus 11:28-29).

 

Kerwin Muriel

É formado em Direito pela Universidade de Cuiabá e pós-graduado em Gestão Pública do Poder Judiciário pela UNIFLU-RJ. Bacharelando em Teologia pela Escola Teológica Charles Spurgeon. Casado com Cleynise e pai da Nicolye.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookPinterestFlickr

7 Comentários

  • Eu tive o privilégio de estudar com a doce Cleynise. Sou irmã de vocês em Cristo, estarei em oração. O Deus que operou o milagre em minha vida…irá restituir a saúde dela. Paz do Senhor.

  • Lindas palavras meu irmão que Deus seja glorificado com este belo testemunho….

  • Muito bom! Texto para refletir…

  • Chorei… me emocionei. .. sinto muito que estejam passando por essa luta. Mas também me emocionei por ver o quão forte é a fé de vcs e este seu desabafo edificou minha vida e fez eu perceber o quão vil tenho sido com minha fé. Vcs são um exemplo. Continue escrevendo. Não sabe vc o quanto suas palavras podem ajudar alguém. Vou entrar na brecha da oração por vcs também. Deus os abençoe e fortaleça a cada dia. Abraços

  • Porque é na fraqueza do homem que se manifesta a força de Deus; é no momento em que nós somos mais frágeis que Deus demonstra o Seu poder por meio de nós.
    Perfeita a expressão do seu amor por Deus Kerwin!

  • Deus, nosso Papai tem sempre um propósito espiritual em nossas vidas e vejo que já almejaram isso. Vocês são um exemplo de força, fé, perseverança, e meu coração se enche de alegria em saber dos ensinamentos que vocês e nós como igreja aprendemos em tal situação… “Que possamos ser repletos e cheios do espírito santo, mas para isso temos que buscar ao Senhor em todo momento!” foi isso que aprendi nesse tempo de batalha, nesse tempo de busca, nesse tempo de mudança, nesse tempo de amor, nesse tempo de vitória! Pois, com Jesus somos mais que vecendores.

  • Parabéns ao casal por tanta fé no Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo vocês já são mais que vencedores.

Deixe uma resposta

Facebook Comments

comments powered by Disqus

Baixe nosso e-book

Ebook - O Leite

Pesquisar

Assuntos Relacionados

Assine o Amovocês

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novos posts por email.

A Jornada – Sistema de Discipulado On-Line